O quê que eu falo?!

“Oi, quer tc?” caiu em desuso?!

Essa pergunta surgiu para a seguinte situação: um rosto apareceu no face e eu gostei. Acho que vou puxar papo, mas eu digo o quê?

Nesse caso, você não precisa assar muito o cérebro para formular uma pergunta. Vai no básico: “Oi/olá, tudo bem com você?” Se teu nome não está visível, coloque-o na frase. Obviamente, essa pergunta voltará para você.

Eu estou bem, obrigada. Ocupada com trabalho e/ou estudo, mas tudo bem.

Você pode esperar a reação da criatura ou estimular o papo adicionando, no fim: “É a vida, né?!” Parece algo bobo, mas a pessoa deve rebater com: “Pois é/É verdade” Se não perguntar sobre o que você estuda/trabalha, faça você a pergunta.

E você, o que faz da vida?

Se a pessoa trabalhar e/ou estudar, desenrola alguma sobre o trabalho e/ou estudo e, depois, já parte para o que a pessoa faz para se divertir, o que faz na folga, estilo musical que mais curte… Essas coisas. Mas, na boa, se você perceber que a outra parte só responde e não se esforça para alimentar a conversa… Repensa isso aí. Será que vale tanto esforço ou é melhor partir para uma nova busca?

E agora?

Vou usar um exemplo para que se torne menos complicada a compreensão da serventia desse blog.

Sabe aquelas pessoas que vivem esquecendo a data do aniversário, data disso, data daquilo…? Eu sou formada nesse assunto “esquecer datas”. Então, isso realmente aconteceu, uma senhorita ligou para um rapaz para desejar feliz aniversário, deixou um recado super fofo até. Horas depois, uma amiga em comum liga para dizer que o tal ouviu e, depois de gargalhar muito, agradeceu o recado. Detalhe: o aniversário do bendito era no mês seguinte. Depois disso, ela morreu de vergonha e ignorou a existência dele. Sério, nunca mais ligou ou procurou o garoto.

Se você se meter numa situação dessa, relaxa, aproveita pra rir da situação e liga de volta. Não sabe o que dizer? Diz que você gosta de se atencipar aos fatos. Ou pode ser simplesmente você. No meu caso:”Putz, me confundi totalmente, o que é muito normal. Faz o seguinte, salva essa mensagem, ou guarda na memória, e usa na data certa.” Simples assim!